Sai DVD, entra Netflix ou vice e versa?

Publicado em: 18 de janeiro de 2017

Vinil, Fita Cassete, Disquete, DVD, Pen Drive, HD, serviços de streaming. A “evolução” não aconteceu exatamente nessa ordem, mas avanços fazem o mercado da tecnologia andar quase, que, na velocidade da luz. Isso tudo afeta muito o comércio. Quem compra DVD’s hoje em dia? Não vamos nem falar da falência das locadoras de DVD com o Netflix e fontes legais de distribuição de conteúdo. Claro, porque nesse mercado também existe a pirataria pra dizer que não tem como ficar “pior”.

Um estudo realizado pela Universidade de Hong Kong mostra que as vendas de determinados títulos aumentaram significativamente quando eles foram retirados da Netflix. “Nossas análises mostram um aumento de 24,7% nas vendas de DVDs nos três meses posteriores ao evento e validam a preocupação da indústria de que os serviços de streaming substituam as vendas físicas de DVDs”, explicam os responsáveis pelo estudo.

“Além disso, descobrimos que a canibalização entre duas mídias é mais forte para DVDs lançados mais recentemente e para filmes com melhores desempenhos na bilheteria”, observa a pesquisa.

Depende se o filme for bom, se foi lançado tem muito tempo, se foi considerado um “clássico do cinema”, se aquele ator que ganhou o Óscar está estrelando na película e depende também se está em cartaz no Netflix! É importante ressaltar, no entanto, que a pesquisa se concentrou apenas nas vendas de DVDs. Outras fontes de receita físicas e digitais não foram levadas em consideração. Vamos ver como as coisas vão caminhar daqui pra frente. Estaremos sempre de olho em fontes de informação e tecnologia porque não se pode “parar no tempo”!

Até a próxima 🙂